» Noites de Coimbra

Noites de Coimbra

Noites de Coimbra

Temos esta estória antiga entre Brasil e Portugal e claro eu esperava algo neste sentido ao chegar.
Sei lá uma piadinha, porque sou brasileira, ou qualquer outra coisa, mas a recepção aqui foi a mais calorosa possível e sem um traço de troça…
Petra, louca e possuída, me disse que iríamos a um restaurante menu surpresa…well o que significa isso?

Bom a gente chega, e não sabe o que vai comer, simples assim, comemos o que o chefe tiver!!
O lugar por sí só vale a visita, se chama Sé Velha , com a escada do Quebra Costas, e as fantasias de morcego pendendo das repúblicas que existem por ali. A igreja abaixo se chama Igreja da Sé Velha, e dá um charme muito diferente ao lugar!

A tal da escada quebra costas, é uma escadaria que eu não arriscaria descer bêbada, e parece que outros também tomam o mesmo cuidado. Todo o lugar cheira a boemia, e nas ruas com luz amarela é gostoso caminhar sem pressa. Foi ali que tínhamos um encontro marcado no restaurante surpresa!

Caminhando pelas ruas estreitas e que quase não aceitam a passagem de carros, arrumamos por milagre um lugar para estacionar e lá fomos nós para a noite do Menu surpresa
O engraçado era que exatamente neste dia, o restaurante estava em festa, e os poucos lugares que geralmente existem a disposição, por volta de 20 no total, não existiam neste dia pois era o aniversário do lugar, portanto, além do menu surpresa, não tinha lugar para sentar também, surpresa, vamos comer algo que não sabemos o que é , num lugar que não sabemos qual é, e terminando não sei quando, e lá fomos nós….

Era assim uma mesa comprida com tudo em cima, e cada um se servia do jeito que podia
Experimentei “punheta de bacalhau” não gostei, muito salgado e com gosto estranho demais, vai saber o que tinha dentro.
mas adorei Tigelada- parece nosso pudim de leite mas é mais um bolo molhado, horrível de tão bom…
Vinho a vontade, amigos por perto, só faltou meu amor e meus pequenos….grandes !!

Meus novos amigos , esquerda para direita : Diogo ( meu médico maravilhoso) Nicole, Petra Pinto, uma artista maluca e maravilhosamente criativa, Rafael 1 o anjo da Martinha, que está do meu lado direito, e Rafael 2, ou melhor dizendo Hórus, um amor de pessoal e um bailarino incrível em cena.

De lá ainda íamos passar por uma casa de Fados e lá fomos a trupe da madrugada. Passando pelas republicas do centro, dei de cara com decoração típica nas portas e janelas e juntei uns pedacinhos para mostrar

Do lado esquerdo podem ver um espantalho esquisito pendurado na parede, ele é chamado Morcegão.
Aqui em Portugal, existe todo um protocolo de vida para os Universitários, com roupa formal e cheia de símbolos para cada ano de conclusão de curso.
Existem aqueles que seguem isso a risca, e os outros que são contra o praxe.
Os contrários penduram do lado de fora de suas repúblicas, os simbolos de repudio, e um deles, é este espantalho estranho fazendo piada sobre os estudantes certinhos, chamados pelos rebeldes de boa causa de Morcegões!!!
Ainda andamos um tanto até encontrar uma imagem do Rio Mondego de noite a caminho da casa dos Fados.

Andando por aqui me lembrei do Pelourinho em Salvador, a pena é que as ruas pequenas e antigas, não tem nenhum trabalho de restauro, e fico pensando no que será daqui a alguns anos, pois tudo é tão bonito mas tremendamente descuidado
De qualquer forma, existe um encanto natural que me pegou de primeira

Essa visão pode ser vista das ruas pequenas, e temos uma idéia da parte baixa da cidade. Coimbra  é dividida entre parte alta e baixa, mais uma das similaridades entre esta cidade e Salvador. Tudo o mais é diferente, mas o clima de boêmia do centro velho de Coimbra me fez sentir um gostinho de noite brasileira, em minha primeira noite portuguesa.

Fechamos a noite no clube de Fados, e eu já estava meio morta mesmo, de lá para casa, dormindo pouco mas bem

Terminava assim a primeira noite! e se iniciava um contato que no decorrer de apenas uma semana se transformaria em muito mais…hoje sei que tenho casa em Coimbra, um cantinho no Porto, e uma pousada em Algarve, coisas que a dança dá!!

Up